El bleisure es una nueva forma de combinar trabajo y ocio durante los viajes de negocios.

Bleisure: a nova tendência que combina negócios e prazer

Talvez esta chamada “bleisure” tenha sempre existido: quem não aproveitou o tempo livre durante uma viagem de negócios para fazer um pouco de turismo ou visitar um restaurante de renome? A diferença agora é que esta prática tornou-se uma tendência nas viagens de negócios, e está mesmo a ser promovida por algumas empresas, uma vez que pode ser considerada uma forma de pagamento emocional. É por isso que lhe foi dado um nome: bleisure.

1. O que é o bleisure?

O prazer significa combinar viagens de negócios com actividades de lazer. Este neologismo vem da fusão de duas palavras inglesas: “blurring” (desfocagem) e “leisure” (lazer).

Enquanto “lazer” significa simplesmente lazer, “embaçamento” pode ser traduzido como embaçamento, desfocagem ou confusão, e aplicado ao embaçamento refere-se ao fenómeno que está a ser observado entre um determinado perfil de empregado de embaçamento da linha entre o tempo pessoal e o tempo de trabalho.

A tecnologia tem permitido que muitas profissões, tradicionalmente exercidas em escritórios de empresas, sejam agora exercidas a partir de qualquer lugar, com apenas um telemóvel, um portátil e uma ligação à Internet. E de facto, é cada vez mais comum ver pessoas a responder a e-mails, a conceber ou programar a partir de comboios, bares, aviões ou parques. Isto é indistinto.

Mas o bleisure, na realidade, está apenas distantemente relacionado com o conceito anterior. Estender uma viagem de negócios para visitar uma cidade, ou propor actividades turísticas depois de terminadas as sessões de formação. Isto é uma hemorragia.

Este conceito não deve ser confundido com Trabalho Inteligente, o que implica total flexibilidade do trabalhador à distância, ou workation, o que significa trabalhar durante as férias.

2. Perfis do viajante de Bleissure

Em geral, o bleisure é identificado com a geração milenar e mais além: jovens que cresceram permanentemente ligados à Internet através dos seus smartphones, e que acham natural misturar os seus tempos livres com o trabalho.

Para estes jovens, muito do seu lazer está associado a viagens, porque só conheceram a era dos voos baratos, e visitaram mais países em poucos anos do que os seus pais visitaram em toda uma vida. Além disso, a maioria deles ainda não tem obrigações familiares, tornando-os no alvo ideal para as viagens de branqueamento.

  Viagens de negócios pós-covid: 3 estratégias para retomá-las

Mas há também outro tipo de branqueamento, que é particularmente apreciado pelos profissionais seniores: combinar viagens de negócios com actividades que podem incluir família ou amigos.

Por exemplo, algumas empresas que organizam congressos e convenções em destinos turísticos oferecem a possibilidade de prolongar a estadia para que os empregados possam juntar-se às suas famílias durante o fim-de-semana. Geralmente, os bilhetes de avião e as despesas dos membros da família são pagos pelo empregado, mas a empresa facilita as reservas de voos e de alojamento para coincidir com as do próprio empregado.

Este tipo de iniciativa tende a despertar grande entusiasmo entre os profissionais, que abordam a viagem da empresa com expectativas muito diferentes, percebendo-a como uma oportunidade única para o turismo a um preço mais baixo, porque o voo do empregado foi pago pela empresa.

Pela sua parte, a empresa não só construiu a lealdade dos empregados através de uma forma de remuneração emocional, como também reforçou os laços entre os colegas de trabalho, e reforçou grandemente o sentimento de pertença à organização.

Tickelia - Bleisure: a nova tendência que combina negócios e prazer

3. Estatísticas de viagens de lazer

Após a ruína do Covid-19 para o sector turístico, operadores e cadeias hoteleiras estão a esfregar as mãos sobre a nova tendência de branqueamento, pois vêem nela uma grande oportunidade para des dessazonalizar o negócio.

Globalmente, o último relatório Traveler Value Index, produzido pela Expedia com dados de 2022, mostra que 56% dos inquiridos remotos gostariam de praticar viagens de lazer, prolongando uma viagem de negócios para actividades de lazer ou vice-versa.

Quando questionados sobre a quantidade de viagens de negócios que podem ser consideradas como branqueamento, dados globais do relatório de 2022 da Stratosjets indicam que, a nível mundial, 60% das viagens de negócios cairiam nesta categoria. Curiosamente, esta classificação é liderada pela Alemanha com 65%, seguida pela China (62%) e pelos EUA (60%).

O mesmo relatório mostra que o sector tecnológico é de longe o mais susceptível de incluir o branqueamento nas viagens de negócios dos seus empregados (24%), seguido do sector industrial (13%) e do sector financeiro (12%).

Trinta e seis por cento dos viajantes que viajam entre dois e três meses, e 23% viajam uma ou duas vezes por mês. Em contraste, apenas 7% dos viajantes que viajam uma vez por ano.

Globalmente e por ordem de importância, as principais razões para as viagens de branqueamento são as seguintes:

  • Participação em conferências.
  • Realização de reuniões externas.
  • Missões comerciais.
  • Realização de reuniões internas.
  Quais são as necessidades dos viajantes de negócios?

O relatório Stratosjets mostra também que 35% dos profissionais que bleisurem das suas organizações o fazem acompanhados, enquanto 65% viajam sozinhos.

Finalmente, em média, 57% do tempo de viagem do bleisure é gasto em trabalho, enquanto os restantes 43% são reservados para actividades de lazer.

4. Vantagens e desvantagens do bleisure

A hemorragia é geralmente considerada uma prática benéfica tanto para as empresas como para os empregados, mas não é sem os seus problemas. Vejamos os seus riscos e benefícios.

4.1 Riscos de viagem em caso de hemorragia

Os problemas relacionados com a hemorragia são frequentemente causados por uma má gestão de viagens, o que pode levar a

  • Confusão entre o trabalho e os tempos livres.
  • Confusão entre despesas profissionais e pessoais.

O primeiro destes problemas pode estar parcialmente ligado ao planeamento de viagens do chefe de departamento ou do gestor de viagens, mas também depende do sentido de responsabilidade e profissionalismo do funcionário.

Quanto à confusão das despesas, a utilização da tecnologia pode ser de grande ajuda para as controlar e distinguir. Veremos como no final deste artigo.

Tickelia - Bleisure: a nova tendência que combina negócios e prazer

4.2 Benefícios de branqueamento para o empregado

Para os profissionais que viajam frequentemente para trabalhar, os benefícios do bleisure são óbvios. Aproveitar as viagens de negócios para conhecer melhor a cidade de destino e os seus arredores, experimentar a gastronomia ou visitar lugares emblemáticos é um incentivo particularmente enriquecedor que transforma completamente a experiência do empregado.

Basta olhar para o seguinte facto: quando viajamos por lazer toleramos melhor as esperas e atrasos nos aeroportos ou filas de espera em destinos turísticos do que quando viajamos para o trabalho. Porquê? Simplesmente porque quando esperamos ter uma boa estadia e experiências enriquecedoras, estamos dispostos a fazer mais sacrifícios do que quando viajamos por obrigação.

Daí o sucesso do bleisure, que transforma uma tarefa de trabalho numa experiência de vida para o trabalhador.

Isto é especialmente importante para os profissionais que têm de viajar frequentemente, e que são talvez mais “boomers” do que milenares, porque com o hábito e a idade, as viagens de negócios podem tornar-se vistas como uma obrigação fastidiosa e cansativa e uma fonte de stress.

4.3 Vantagens do bleisure para as empresas

Os benefícios para as organizações de bleisure vêm essencialmente do impacto positivo que tem nos empregados: os viajantes de bleisure estão mais motivados e terão um melhor desempenho durante as sessões de formação, reuniões ou vendas que precisam de ser fechadas durante a viagem de negócios.

  Viagens de negócios pós-covid: 3 estratégias para retomá-las

A hemorragia pode fazer parte da estratégia global de negócios e gestão de RH de uma empresa para atrair e reter talentos nas organizações. Algumas empresas incluem benefícios de branqueamento nas suas ofertas de emprego como uma forma de remuneração emocional.

Além disso, as condições vantajosas destas ofertas são amplamente divulgadas em redes sociais como o LinkedIn, com o objectivo de reforçar a Employer Branding e a reputação da empresa.

Para além de tudo isto, há um detalhe importante: para as empresas, o bleisure significa muitas vezes um custo agregado de, atenção, zero euros!

Isto porque, em geral, a extensão da estadia e as actividades de lazer são pagas pelo empregado. A única contribuição da empresa é essencialmente proporcionar flexibilidade e facilitar a compra de bilhetes de comboio ou avião para tornar possível esta viagem prolongada.

Tickelia - Bleisure: a nova tendência que combina negócios e prazer

5. Como é gerida financeiramente a gestão das viagens bleisure?

Como acabamos de explicar, é extremamente importante separar as despesas de negócios da viagem dos tempos livres do empregado.

A forma mais fácil de identificar e dividir estes dois conceitos é utilizando ferramentas tecnológicas para a gestão de despesas de viagem, tais como a Tickelia.

Esta solução multi-dispositivo, que reinventa e simplifica a gestão de despesas com apenas algumas fotografias e alguns cliques, é capaz de gerir de forma abrangente as viagens corporativas, incluindo as viagens de férias.

Tickelia inclui um perfil de gestor de viagens para controlo total em tempo real de todos os pedidos e custos de viagem da empresa, com a possibilidade de gerir qualquer evento ou incidente imprevisto a partir deste painel de instrumentos específico.

O fluxo de aprovação de despesas multiníveis da Tickelia permite-lhe simplificar os pedidos de meios de comunicação, tais como alojamento ou bilhetes de avião, por exemplo, ou geri-los através de uma agência de viagens. Também proporciona uma visão de 360° dos custos, através de um processo controlado com rastreabilidade em todos os pontos.

Para reportar uma despesa profissional, os viajantes bleisure simplesmente tiram uma fotografia do recibo com o seu smartphone, que deve ser aprovada pelo gestor. A tecnologia OCR da Tickelia captura os dados dos recibos e assegura que estes são correctamente contabilizados e liquidados. Esta tecnologia é capaz de detectar duplicações e outras irregularidades, a fim de evitar fraudes internas.

Além disso, os viajantes bleisure podem utilizar cartões Visa Tickelia, um método de pagamento inteligente que lhes permite criar alertas e avisos personalizáveis, bem como estabelecer restrições de gastos com base no seu tipo, dia da semana ou mesmo faixas horárias específicas.

Isto evita uma potencial confusão entre despesas profissionais relacionadas com o trabalho e despesas pessoais durante os tempos livres, melhorando a experiência do empregado durante as viagens de lazer.

Quer saber mais sobre a digitalização das despesas comerciais? Descarregue gratuitamente o Guia Tickelia!

Tickelia - Bleisure: a nova tendência que combina negócios e prazer
Tag
Compartilhar
Gemma Mondéjar
Marketing Júnior no Departamento de Marketing da Inology. Licenciada em Comunicação e Indústrias Culturais pela Universitat de Barcelona.
  • Os posts mais lidos de Viagens de negócios
  • Redes sociais
    Artigos Mais Recentes
    Newsletter
    Os artigos mais
    lidos do Blog
    Demonstração

      Ver condições

      Artigos relacionados

      As viagens de negócios são parte integrante das operações corporativas modernas. Fornecem oportunidades inestimáveis ​​para networking, reuniões com clientes e conferências do setor, que são

      ...

      Para muitas empresas, as viagens de avião são uma constante. No entanto, os bilhetes geralmente não são baratos. Poupar dinheiro e limitar as despesas é

      ...

      O alojamento é um assunto importante para garantir o sucesso das viagens de negócios. Cada tipo de alojamento oferece diferentes serviços para o trabalhador que

      ...

      Solicite uma demonstração

        Obtenha o Guia preenchendo este formulario


          Descarregue o nosso Guia para digitalizar as despesas empresariais!

          Descubra como automatizar o processo de gestão de despesas e os seus benefícios com o nosso Guia completamente gratuito.